Blog

Cachaça verde e amarela

Cachaça verde e amarela

Recentemente, o Instituto Brasileiro da Cachaça – IBRAC divulgou o aumento das exportações da cachaça brasileira em 2016. A bebida teve um crescimento de 4,62% em valor e 7,87% em volume, totalizando US$ 13,93 milhões e 8,3 milhões de litros exportados em 2016. 

Empresas brasileiras têm investido cada vez mais no mercado internacional e a embalagem desenvolvida com design tem sido usada como uma das soluções para favorecer esse crescimento.
As cachaçarias Engenho Água Doce e Barreto Silva, participantes da primeira edição do programa Design Export, uma iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e do Centro Brasil Design (CBD), encontraram uma oportunidade para se tornarem ainda mais atraentes no exterior.
De olho nos países europeus, no Panamá e na África do Sul, a cachaçaria pernambucana Engenho Água Doce, direcionou seus negócios para a produção de cachaça artesanal a partir de 2003, trabalhando com três variedades: prata, ouro e premium. A necessidade de se diferenciar em meio à concorrência e de agregar valor ao produto motivou a empresa a buscar um novo design para sua embalagem. Além de aumentar a visibilidade no ponto de venda, era preciso transmitir de forma mais clara os atributos da marca, como o elo histórico que possui com a região e os seus criteriosos processos de qualidade.
Uma premissa do projeto, desenvolvido pelo escritório GRID Design e Estratégia, foi de que a embalagem da cachaça se tornasse um verdadeiro convite a degustá-la, combinando tradição com um visual mais moderno. O trabalho resultou em um reposicionamento da marca, que ganhou um tom mais elegante e um visual de destaque.
De acordo com Ana Brum, diretora técnica do Centro Brasil Design, as empresas não conseguem operar sem as embalagens, o que as torna indispensáveis para a maioria dos negócios. “A embalagem é o item industrial mais produzido no mundo, 80% dos produtos têm embalagem. Por isso ela é considerada um item de avaliação e referência cada vez mais relevante no novo cenário competitivo”, avalia.
Já no caso da Barreto Silva, que tem como foco o Canadá, a Alemanha e os Estados Unidos, a ideia foi apresentar a cachaça Sanhaçu para o mundo. Para cumprir o objetivo, a empresa laçou o Kit Caipirinha Sanhaçu, que carrega toda a popularidade do drink brasileiro, facilitando a entrada da bebida em outros mercados, já que no exterior a caipirinha é mais conhecida do que a cachaça em si. O conjunto lançado pela Barreto Silva inclui uma garrafa da cachaça, um copo e um batedor, podendo ser acompanhado de um livro escrito por um especialista no assunto, em português e inglês.
A caixa do kit, desenvolvida pelo escritório Herbert Perman Design, conta com uma “janela” para visualização do conteúdo, no formato do pássaro sanhaçu, símbolo da marca e da empresa.

Matéria exclusiva dispobilizada por CBD

ubm-white

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input
Entrada Inválida